31 janeiro, 2010

GEO CONTINUA SEM VENCER NA A2

O Grêmio Osasco continua sem conhecer o gosto da vitória na Série A2. Neste sábado, mesmo jogando em seus domínios, a equipe osasquense voltou a perder, desta feita para o São Bento, de Sorocaba, pelo placar de 2 a 0, ambos os gols anotados pelo grandalhão Fabiano, ainda na primeira etapa.

A exemplo do que aconteceu nas outras derrotas em casa, o Grêmio Osasco dominou a partida e teve maior posse de bola. Mas a equipe encontrou dificuldades para suplantar a forte marcação adversária. Sem muita criatividade, sentindo a falta de seu principal articulador (Geninho, suspenso por ter tomado o terceiro cartão amarelo no jogo anterior), o time tocava a bola na intermediária de ataque, mas não conseguia chegar com perigo.

Durante a primeira etapa o goleiro Vizotto trabalhou uma única vez, aos 10 minutos, quando Elton escorou um cruzamento de cabeça e obrigou o goleiro a voar para espalmar a bola a escanteio. No restante, o goleiro só foi posto em ação em cruzamentos que lhe facilitaram a vida.

Os visitantes, jogando na retranca, tiveram apenas três chances de gol. E aproveitaram duas delas. Aos 13 minutos Alexandre cruzou na área. Fabiano ajeitou de cabeça para Pablo, que bateu prensado com o zagueiro. Na cobrança de escanteio, Fabiano subiu para cabecear sem marcação e acertou o canto direito de Montibeller.

Aos 26 minutos, Mendes e Anselmo se atrapalharam num cruzamento despretensioso. Fabiano aproveitou a bobeira e acertou um sem pulo indefensável, ampliando a vantagem sorocabana, que poderia ter sido ainda maior se Pablo não tivesse concluído por cima das traves um passe açucarado recebido de Felipe Blau.

Para a segunda etapa o técnico Rogério Delgado sacou o meia André Stocco e mandou Thiago a campo. Recuou Dedé para ajudar Edinho na armação. Com as alterações a equipe ficou mais ofensiva e as oportunidades de gol foram sendo criadas. E desperdiçadas.

Aos 5 minutos Dedé chegou atrasado num cruzamento e concluiu para fora, deitado no chão. Dois minutos depois Douglas foi lançado em profundidade, dançou na frente do zagueiro e bateu na rede pelo lado de fora. Aos 11 minutos, em jogada parecida, o mesmo Douglas chutou cruzado, tirando tinta da trave esquerda de Vizotto.

Aos 16 minutos Edinho fez fila, driblando seus marcadores pela direita. Penetrou na área e cruzou. Douglas e Dedé concluíram em sequência, mas no final a zaga conseguiu aliviar o perigo. Aos 33 minutos foi a vez de Dedé ir à linha de fundo e cruzar para a finalização de Mineiro, por cima das traves.

Aos 41 minutos Ricardo Pereira foi derrubado na área. Mas o árbitro entendeu que ele simulou a falta e aplicou-lhe o segundo amarelo, seguido do vermelho. Mas não havia mais tempo para evitar mais uma derrota gremista.

A imagem do que foi a partida ficou clara no uniforme dos dois goleiros, ao saírem de campo: enquanto Montibeller se apresentava impecável (ele sequer tocou na bola, a não ser para cobrar tiro de meta), o goleiro Vizotto tinha barro até em seu cabelo. Mas o que vale é bola na rede e o placar final apontou: Grêmio Osasco 0 x 2 São Bento.

Na próxima quarta-feira, às 16 horas, o Grêmio Osasco volta a campo para enfrentar o Linense, no Rochdale. O técnico Rogério Delgado poderá contar com as voltas de Ugo e Geninho, que estavam suspensos. Em compensação, o veterano Camanducaia dificilmente terá condições de jogo, pois voltou a sentir a contusão logo em sua primeira participação na partida. Como já haviam sido feitas as três substituições regulamentares, o time praticamente jogou com um jogador a menos, durante a metade do segundo tempo.

Ficha Técnica:

Grêmio Osasco: Montibeller, Baiano (Camanducaia), Anselmo, Mendes e Marcinho (Ricardo Mendes). Mineiro, Elton, Edinho e André Stocco (Thiago). Dedé e Douglas. Técnico: Rogério Delgado.

São Bento: Vizotto, Da Silva, Cleber, João Paulo e Felipe Blau. Alan, Alexandre (Mattos), Marcão e Gilmar Baiano (Odirlei). Pablo (Celsinho) e Fabiano. Técnico: José Luís Drey.

Local e horário: Estádio José Liberatti, Osasco, 30/01/2010, 16 horas.

Árbitro: Fábio de Jesus Volpato Mendes. Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Giuliano Néri Colisse. Quarto árbitro: Adalton William da Cunha.

Gols: Fabiano ( 14’ e 27’ – 1T).

Cartões Amarelos: Douglas, Dedé e Ricardo Pereira (GEO); Cleber, João Paulo, Alan, Alexandre, Mattos e Celsinho (SB). Cartões Vermelhos: Ricardo Pereira (GEO) e Gilmar Baiano (SB).

2 comentários:

cidorello disse...

Que vergonha, time horrivel, tecnico despreparado, time sem criatividade. só volto para ver jogo do GEO quando este tecnico mediocre sair do comando da equipe.

Leonardo disse...

É, tá dificil... A equipe tem alguma oportunidades claras de gol mas peca
O que tá acontecendo, pois a amsiedade do primeiro jogo já foi
vamos reagir ou Série A-3 novamente