06 março, 2010

GEO PERDE MAIS UMA

Neste sábado a tarde, Grêmio Osasco e São Bernardo se enfrentaram em Osasco, em partida válida pela 14ª. rodada do Campeonato Paulista – Série A2. O time osasquense saiu na frente do placar com um gol de Dedé, em cobrança de pênalti, ainda na primeira etapa. Mas mesmo jogando com um homem a mais, tomou a virada na segunda etapa e amargou mais uma derrota. Danielzinho e Ney Mineiro, marcaram pelos visitantes, escrevendo 2 a 1 no placar final.

A partida começou com atraso de 5 minutos, por falta de ambulância. Com a bola em jogo o São Bernardo assustou a pequena torcida presente ao estádio logo aos 2 minutos. Nenê, no segundo pau, não alcançou cruzamento vindo dos pés de Adans. O troco veio dois minutos depois com Geninho, que tabelou primeiramente com Dedé e depois com Douglas e bateu à esquerda do gol de Marcelo.

Pressão osasquense: aos 18 minutos Dedé driblou seu marcador, penetrou na área e bateu forte. A bola tinha endereço certo mas foi desviada a escanteio pelo zagueiro. Três minutos depois Douglas cobrou falta na área e Dedé desviou de cabeça, obrigando o goleiro a se esticar para espalmar para escanteio. Na sequência, depois de um bate-e-rebate a bola sobrou para Ugo que foi calçado por Wagner quando iria marcar. Pênalti assinalado pelo árbitro, que mostrou o cartão vermelho para o zagueiro. Dedé cobrou com tranqüilidade e abriu o placar no Rochdale.

Embora com um jogador a mais em campo, o Grêmio Osasco não conseguiu valer sua superioridade numérica. Mas foi do time osasquense as duas melhores chances de gol, antes que o juiz apitasse final da primeira etapa. Aos 32 minutos o estreante Filipi foi à linha de fundo, driblou seu marcador e serviu a bola a Dedé, que chutou prensado. Aos 44 minutos Geninho arrancou de sua defesa, passou em velocidade por três adversários e, já na entrada da área, chutou torto, desperdiçando grande chance.

Logo no início do segundo tempo, aos 2 minutos, o São Bernardo empatou a partida. Andrézinho foi lançado em contra ataque, a defesa parou e o atacante teve a categoria para driblar Montibeller antes de rolar a bola para as redes.

Depois do gol, o rubro-verde partiu desesperadamente para o ataque e criou boas chances, todas nos pés de Dedé. Aos 13 minutos ele recebeu a bola na entrada da área e a chutou forte, por cima do gol. Praticamente um replay da jogada aconteceu no minutos seguinte, com a mesma finalização. Aos 15 minutos, Dedé penetrou na área, driblou um zagueiro mas foi travado pela cobertura, no momento do chute.

Mas quando o torcedor osasquense pensava que o gol sairia a qualquer momento aconteceu um lance bizarro, que resultou na virada do time do ABC. Aos 29 minutos Bruno Camargo recebeu lançamento pela esquerda, escorregou e tentou evitar a saída da bola pela lateral. Conseguiu, mas com seu esforço a bola sobrou livre para Luciano Bebê, que a lançou para Ney Mineiro. O artilheiro da equipe se mandou sozinho para o ataque e tocou com categoria por cobertura, na saída do goleiro. Um golaço!!!

O Grêmio Osasco teve mais uma chance aos 30 minutos com Douglas, que penetrou na área e bateu forte, rasteiramente, no canto esquerdo de Marcelo, que fez sua primeira e única defesa na segunda etapa.

Antes do final da partida, Dedé acabou expulso por atingir um pontapé num adversário. E Luciano Bebê também foi mais cedo para o vestiário após ser advertido com o segundo amarelo, seguido do vermelho.

Cada vez mais complicado na competição, o Grêmio Osasco viajará a Osvaldo Cruz, onde enfrentará os locais na próxima quarta-feira, às 20 horas. Para fugir da degola, o time osasquense terá de vencer as cinco partidas que lhe restam.

Ficha Técnica:

Grêmio Osasco: Montibeller, Filipi (Adriano), Fabão, Mendes e Ricardo (Bruno). Cacá, Mineiro, Douglas e Geninho. Ugo (Maxwell) e Dedé. Técnico: Fransérgio Bastos.

São Bernardo: Marcelo, Adans, Melika, Bruno Alves (Matheus) e Reinaldo (Mendes). Wagner, Claudinei Rincon, Luciano Bebê e Nenê. Ney Mineiro e Danielzinho (Dewide). Técnico: Ruy Scarpino.

Local e data: Estádio José Liberatti, Osasco, 06/03/10, 15 horas.

Árbitro: Milton Etsuo Ballerini. Assistentes: Michel Ferreira da Silva e Fábio Bonatto Domingues. Quarto árbitro: Benedito Sabino Neto.

Gols: Dedé (23 – 1T), Danielzinho (2’ – 2T) e Ney Mineiro (29’ – 2T).

Cartões Amarelos: Ricardo, Mendes e Bruno (GEO); Luciano Bebê, Nenê e Matheus (SB). Cartões Vermelhos: Dedé (GEO); Wagner e Luciano Bebê (SB).
geo

2 comentários:

cidorello disse...

que vergonha , mais uma derrota , mais uma vez a gente ve jogadores sem compromentimento com o time . Da dó de ver . Aquele time da serie A3 bateria de 10 a 0 neste timeco. Viramos o União Mogi da série A2. exemplo que não deveriamos seguir. É por isso que eu não coloco a imagem da minha empresa ligada à este time.

Grêmio Esportivo Osasco disse...

Cidorello, respeitamos a sua opinião, mas não acreditamos que houve falta de comprometimento dos atletas com o time.Mesmo com as dificuldades, em momento algum os atletas deixaram de buscar a vitória dentro de campo. Quanto a não ligar o nome de sua empresa a este time, é um direito que você tem. Nossa consciência está tranquila que aqui no Grêmio Osasco, todos deram o melhor de si para tentarmos fugir desta situação. Infelizmente para nosso time, e para a cidade, isto não foi possível. Criticar é fácil, ajudar é que é difícil. E pelas suas próprias palavras, ajudar você não quis.